O que é rotatividade de funcionários e como reduzir essa taxa?

7 minutos para ler

Para que seu negócio possa crescer, todo empresário precisa ter uma equipe alinhada e comprometida com suas funções. No entanto, formar um quadro de colaboradores competentes não é tarefa fácil. Uma dos maiores dificuldades é a rotatividade de funcionários, que pode impactar negativamente sua empresa. E com as transportadoras a situação não é diferente.

Por isso, é imprescindível criar estratégias para descobrir as causas que provocam o turnover e traçar estratégias para poder evitá-lo. Veja neste artigo como adotar as medidas certas!

O que é a rotatividade de funcionários e quais seus impactos nos resultados?

A rotatividade de funcionários, também conhecida como turnover, significa o movimento de demissões e contratações de funcionários dentro de uma empresa. Assim, há dois tipos: a voluntária e a involuntária.

A primeira ocorre quando os colaboradores pedem demissão por vontade própria. A demissão voluntária ainda se divide em duas: a funcional, em que os trabalhadores com baixo rendimento escolhem deixar o trabalho; e a disfuncional, quando um colaborador de alta performance e rendimento pede para sair. Já na rotatividade involuntária, a demissão é feita pela organização.

Independentemente do número de demitidos e admitidos, é preciso calcular essa oscilação e monitorá-la para saber se a equipe está satisfeita ou não com seu ambiente de trabalho. Essa ação deve ser realizada pelo departamento de recursos humanos e pelos gestores com a finalidade de acompanhar a produtividade e qualidade das tarefas desempenhadas pelos colaboradores, evitando os resultados negativos a seguir.

Aumento de gastos

Quando uma empresa perde um funcionário, ela precisa fazer o acerto de contas, que são os dias trabalhados, aviso prévio, férias vencidas e proporcionais, abono constitucional de 1/3 dos benefícios e 13º salário. Além dessas despesas, ela também terá que realizar um novo processo de seleção, contratação, treinamento e adaptação de quem irá substituir o antigo colaborador, gerando mais gastos.

Perda de conhecimento

Caso o colaborador que esteja saindo detenha grande conhecimento sobre sua área de atuação, haverá um prejuízo considerável na perda técnica e produtiva. Afinal, a transportadora investiu em sua qualificação e terá que fazer o mesmo com o novo contratado.

Redução de produtividade

Para admitir outro profissional, será necessário um novo processo seletivo e treinamentos para que ele se adapte à função e ao ambiente laboral. Nessa fase, seu desempenho não será o esperado, e isso pode trazer prejuízos e atrasos, impactando os resultados e lucros.

Perda de credibilidade

O mercado não costuma ver com bons olhos as empresas que trocam constantemente de colaboradores. A rotatividade de funcionários pode representar perda de credibilidade e um marketing negativo.

Logo, é importante controlar esse problema e uma das maneiras é descobrir o que está colaborando para isso acontecer. Os motivos podem ser diversos, como: volume de trabalho, política da empresa, baixos salários, entre outros. Assim, esteja atento e ouça os feedbacks dos empregados para buscar melhorias.

Como reduzir a taxa de rotatividade de funcionários de maneira eficiente?

Para evitar que a transportara tenha muitos gastos com rescisões trabalhistas, perda de talentos qualificados e de credibilidade da marca empregadora, siga as orientações abaixo.

Intensifique o processo de recrutamento e seleção

Dependendo do caso, a empresa necessita preencher uma vaga com urgência e não há tempo para investir em processo de seleção. Dessa forma, ela acaba aceitando indicações. Isso é problemático, pois não haverá condições de avaliar as qualificações e habilidades do profissional, verificando se ele é adequado para a vaga e mesmo se tem o perfil da cultura organizacional. Diante disso, é essencial investir no processo de recrutamento para que mais a frente não tenha que fazer novas demissões.

Faça uma pesquisa de clima organizacional

Identifique os problemas que vêm provocando o aumento de turnover fazendo uma pesquisa com seus colaboradores. Procure entender a satisfação deles com a empresa em diferentes situações. Assim, elabore questões honestas para que os funcionários fiquem à vontade para responder e compartilhar sugestões de melhoria com os gestores.

Descubra os motivos da alta rotatividade

Realize também uma avaliação com os empregados que pediram demissão. Esse questionamento terá o objetivo de descobrir os motivos que o levaram a deixar a transportadora. Faça uma entrevista de desligamento para verificar os principais pontos em que ficaram insatisfeitos no período em que estiveram atuando.

Otimize a comunicação interna

Promova uma comunicação interna transparente, eficiente e participativa, visando engajar os profissionais. Com isso, você reduzirá mal-entendidos, boatos e demais atitudes ruins ao ambiente laboral. Deixe a hierarquia de lado e lembre-se de que todos devem ter conhecimento do que está acontecendo diariamente no negócio — principalmente, qual a relevância de cada um dentro desse processo.

Se os discursos e objetivos estiverem claros e alinhados, os colaboradores estarão mais integrados e engajados. Consequentemente, haverá mais produtividade, desempenho e qualidade no trabalho, até mesmo nos treinamentos. Você pode utilizar vídeos online para melhorar a comunicação divulgando resultados, processos, campanhas etc.

Crie uma política de benefícios

Veja de que maneira a concorrência desenvolve sua política de benefícios para seus colaboradores. Depois, analise o perfil de sua equipe para descobrir suas preferências e crie uma estrutura de bônus e vantagens para motivar os profissionais.

Nesse pacote, você pode incluir plano de saúde, vale-alimentação ou refeição, vale-compras, ingressos para show, cinema ou teatro e muitos outros. Realize também uma pesquisa de satisfação interna periodicamente para readequar as compensações quando necessário.

Ofereça treinamentos

A educação corporativa é imprescindível para uma empresa que almeja sucesso. Logo, os talentos precisam estar motivados para investirem na sua carreira. Assim sendo, implemente treinamentos para ampliar o conhecimento dos seus profissionais e mantenha o negócio atualizado.

Antes, converse com os empregados para entender suas dificuldades, quais áreas têm mais interesse em se desenvolver, modo que os cursos sejam proveitosos para todos. Para isso, não é preciso gastar muito, basta criar estratégias de aulas online para que eles possam fazer nos horários mais convenientes.

Dessa forma, sua transportadora não terá gastos com alimentação, transporte, reserva de hotel, hora-aula de professor etc. Outro detalhe é que os vídeos são permanentes, podendo ser usados em treinamento de novos funcionários a qualquer momento.

Implemente a cultura do feedback

Lembra do que mencionamos sobre ouvir os feedbacks dos talentos? Esse fator é primordial para garantir o engajamento deles na empresa e não terem o desejo de pedir demissão. Todavia, escutá-los não é suficiente. É fundamental criar uma cultura de respostas e ações com o objetivo de mantê-los motivados e produtivos.

Descobrir e mapear as principais causas da rotatividade de funcionários na empresa é importante para evitar que os altos índices de turnover tragam prejuízo ao negócio. Sendo assim, busque formas de resolver esses problemas o quanto antes e de maneira assertiva com as dicas deste post.

Agora que está por dentro do assunto, aproveite para aprender mais curtindo nossa página no Facebook!

Posts relacionados

Deixe um comentário