Gestão de pessoas na transportadora: confira o guia completo

12 minutos para ler

Investir na gestão de pessoas é muito mais que proporcionar salas de descaso e outros agrados. A essência está em fornecer objetivos maiores que incentivem os profissionais a se desenvolverem e, consequentemente, levarem a empresa ao sucesso também.

Desse modo, são boas práticas que aproveitam os talentos contratados para atingir melhores resultados. Afinal, esse capital humano faz a diferença dentro da transportadora. Logo, você deve conhecer tudo sobre o assunto para poder explorar os potenciais de maneira correta. Vamos lá?

Compreenda o que é gestão de pessoas

O termo gestão de pessoas significa a administração do comportamento dos funcionários por meio de práticas e metodologias com a finalidade de desenvolvê-los no dia a dia da organização. Isso garantirá bom atendimento e personalização aos clientes, já que os colaboradores estarão engajados, satisfeitos e comprometidos com seu negócio. Além disso, haverá otimização da produtividade e um crescimento consistente.

Para que tudo isso ocorra, o departamento de recursos humanos é dividido em áreas para que cada uma faça o acompanhamento dos talentos e setores. Já as subdivisões terão como diferenciar as especialidades para distribuir responsabilidades aos colaboradores, de acordo com a formação, experiência e habilidade de cada um. Ao mesmo tempo, os gestores e líderes saberão a quem recorrer em caso de necessidade.

Dessa maneira, todos têm assistência direcionada nos resultados pretendidos pela empresa. Por isso, o RH deve estar envolvido desde a contratação ao treinamento e capacitação deles fomentando o envolvimento e engajamento dos profissionais.

O setor também precisará garantir o bem-estar dos empregados, criar mecanismos que protejam às regras da empresa, estimular o respeito à cultura organizacional e motivar diariamente os talentos para não haver redução da produtividade.

Conheça os pilares da gestão de pessoas

Para fazer a gestão de pessoas, é fundamental seguir os cinco pilares estratégicos que valorizam e qualificam o capital humano, que ajuda constantemente o seu negócio a se fortalecer. Confira!

Motivação

A motivação é o ponto de partida para toda atividade, pois dela depende o comprometimento de qualquer pessoa que trabalha na transportadora. Até porque funcionários sem estímulo não trazem rendimento e saem na primeira oportunidade. Não é isso que você deseja em sua empresa, certo? Pelo contrário, encontrar profissionais que são automotivados são essenciais nos processos seletivos.

Dessa forma, é relevante entender o que incentiva a pessoa, já que elas reagem diferentemente e de maneira individualizada: o financeiro com bom salário e benefícios, a cultura organizacional que traz faturamentos positivos, o desafio individual e coletivo ou o plano de carreira que valoriza as habilidades e competências.

Por fim, é preciso entender o lado dos empregados para avaliar o que a transportadora tem de bom e focar nisso. Para manter a motivação baseada na gestão de pessoas:

  • descubra as reais necessidades dos funcionários para que eles consigam focar em metas, seguindo a pirâmide de Maslow;
  • divida as metas e objetivos por áreas de negócio e por profissionais para deixar os colaboradores mais determinados e saírem da zona de conforto;
  • realize um processo seletivo transparente, demonstrando os valores da transportadora e o que é esperado dos candidatos;
  • valorize os talentos por meritocracia, sendo que quem atinge os resultados é reconhecido, independentemente do cargo. Assim, pode ser ofertado uma promoção, bônus financeiro, viagens, entre outros incentivos;
  • mantenha feedbacks constantes para corrigir comportamentos inadequados, motivar um empregado que está passando por uma fase ruim em sua vida, aceitar uma sugestão de melhoria etc.

Liderança

Uma das tarefas do RH é desenvolver coordenadores dentro dos departamentos, de modo que se tornem referência para que a equipe tenha bons exemplos e possa trabalhar com alta performance e engajamento. Esses líderes devem ir além das habilidades técnicas, pois necessitam valorizar os liderados em comunicação, relacionamento interpessoal e humanização.

Comunicação

Uma boa comunicação precisa trazer segurança, transparência e confiança, porque quando há ruídos, informações importantes se perdem na empresa. Por exemplo, algo mal explicado provoca desentendimentos. Logo, a gestão de pessoas precisa saber usar a linguagem certa para atingir seus objetivos, de preferência por escrito.

Inclusive, abuse dos feedbacks, afinal esses retornos mostram os caminhos e os quesitos que o colaborador deve seguir. É possível, ainda, avaliar o desempenho dele e do time de maneira mais próxima. Dessa forma, poderá fazer críticas construtivas para evitar maiores problemas.

Trabalhe em equipe

Um dos grandes diferenciais de uma organização é o trabalho em equipe e o RH necessita criar esse ambiente de ajuda mútua. Assim, o setor minimizará os conflitos, obtendo um avanço nos resultados.

Para isso, é indicado usar ferramentas que estimulem um objetivo comum direcionado as metas traçadas pela transportadora. Entre elas, podem ser utilizadas dinâmicas de grupo de forma descontraída para melhorar o companheirismo e a empatia entre os colegas.

Desse modo, cada um descobrirá as afinidades e terá uma equipe de compartilhamento. No entanto, não pense somente no trabalho. Promova reuniões fora da empresa, como um happy hour, almoços e datas comemorativas para fortalecer os relacionamentos.

Capacitação

Outro ponto imprescindível na gestão de pessoas é investir na capacitação dos profissionais da transportadora para valorizar o capital humano. Assim, os talentos se qualificam e adquirem mais conhecimentos para serem empregados em suas funções. Diante disso, eles conseguem promoções e salários mais altos perante os resultados inovadores.

Quanto mais treinamentos eles receberem, melhores estarão capacitados. Porém, os cursos devem ser mais que habilidades técnicas, e sim abrangentes, abordando temas como desenvolvimento pessoal e profissional, autoconhecimento, entre outros.

Descubra os desafios da gestão de pessoas em transportadoras

Os desafios do gestor de pessoas não são poucos, principalmente porque eles têm que garantir um relacionamento de harmonia entre os funcionários para que a equipe atue com qualidade.

Não que isso garanta o sucesso da empresa, mas fica mais fácil atingir as metas sabendo atuar com diferentes personalidades dentro da transportadora. Consequentemente, os colaboradores dão o máximo de si em prol do grupo, trazendo impactos na redução de custos, na motivação da equipe e na otimização dos resultados.

Sendo assim, a organização que quer obter os profissionais mais competentes precisa ter uma postura humana em relação a eles, valorizando suas atitudes e potenciais de crescimento.

Portanto, não basta visar somente o faturamento. Todavia as qualidades de vida dos funcionários precisam ser colocadas na balança. Essa relação humanizada faz com que os empregados deixem de ser somente números e passam a ser o capital humano no negócio.

Ainda há mais um desafio: a busca da produtividade, eficiência e competitividade, por meio de indicadores de resultados que demonstrem redução de gastos, otimização de tempo e treinamento dos colaboradores.

Por exemplo, quando eles se ausentam do trabalho para uma capacitação, em um primeiro momento há perda no quesito de tarefas. Por outro lado, quando retornam ao trabalho, os conhecimentos serão aplicados, agilizando o tempo de execução e sua qualidade.

Enfim, essas estratégias de gestão de pessoas são importantes porque os gestores conseguem identificar a motivação dos talentos e extrair tarefas de excelência. São ações em que todos saem ganhando.

Veja as melhores práticas de gestão de pessoas para adotar na sua transportadora

A gestão de pessoas está inserida na gestão de transportadoras. Por meio dela, é possível satisfazer o cliente, agilizar os processos, motivar a equipe, aumentar os lucros e diminuir gastos. Para obter efeitos positivos, é fundamental atuar com boas práticas. Conheça algumas delas!

Faça um planejamento específico

O planejamento é o início de tudo. Com ele, é possível evitar desperdícios, problemas, falhas e se preparar para encontrar as melhores soluções quando um imprevisto acontece. Desse modo, uma boa prática nessa ação está em levantar informações básicas e monitorá-la como: faturamento médio de cada cliente; ticket médio dos fretes; consumo e valor dos combustíveis na sua frota; entre outros.

Defina metas e analise os indicadores

Trabalhar com o Key Performance Indicator (KPIs), que é um indicador de desempenho, se faz imprescindível para medir e acompanhar o nível de atuação da transportadora, bem como dos processos e equipe. No entanto, ao criá-lo, deve-se considerar dados quantitativos e não qualitativos, de modo que entenda o desenvolvimento do negócio para que ele se torne mais rentável e eficiente.

Alinhe a equipe à cultura organizacional

Nada resolve ter profissionais qualificados se os perfis deles não condizem com a cultura organizacional da empresa. Essa informação é importante porque tanto funcionários quanto empresa precisam ter o mesmo direcionamento, seja na manutenção do time, no recrutamento e seleção de candidatos, na execução do trabalho e esforço para atingirem as metas.

Cuide da qualidade dos processos

Ter estratégias de retenção e de qualificação de talentos é algo básico para que sua marca se destaque no mercado. Contudo, o processo de recrutamento e seleção precisa estar em aperfeiçoamento constante, com a finalidade de ser atraente aos candidatos que estão procurando uma colocação no mercado.

Por isso, avalie os benefícios que a transportadora oferece e divulgue ao mercado, mostrando o quanto é bom trabalhar lá. Apesar de ser um ambiente desafiador, a empresa investe e acredita na capacitação dos colaboradores.

Essa imagem positiva pode ser inserida nas redes sociais, no site oficial, nos aplicativos de mensagens apresentando depoimentos dos talentos. Uma outra opção é dar retorno aos aspirantes as vagas, caso não tenham passado no processo seletivo, e incentivá-los a tentarem novamente em outra oportunidade.

Otimize os processos de comunicação

Estabeleça uma comunicação eficiente e otimizada que deixe os trabalhadores bem informados e envolvidos com os objetivos da organização. Ao estimular o diálogo, sua transportadora demonstrará que a participação e opinião deles são respeitáveis, deixando-os satisfeitos. Isso permite que não haja mal-entendidos.

Outra atitude é ser transparente ao divulgar os números do negócio, como lucros, empréstimos e obrigações fiscais. Essa comunicação clara os deixem seguros, tranquilos e com sentimento de pertencimento à transportadora.

Invista em tecnologia

A tecnologia é uma grande aliada da gestão de pessoas, visto que disponibiliza inúmeras soluções para a automação dos processos dentro do departamento de recursos humanos e fora de dele, citando as admissões, desligamentos, controle de férias, folha de pagamento, gestão logística e faturamento.

Tudo pode ser feito por meio de um software para transportadora. Com isso, economiza-se tempo, reduzem-se custos com tarefas administrativas e protege-se as informações da empresa. Diante disso, você consegue atuar em outras áreas, criando estratégias para o crescimento do negócio, já que seus funcionários se sentem satisfeitos e valorizados.

Saiba a importância da gestão de pessoas

O capital humano é um dos maiores bens de uma empresa. Pode parecer frase feita, mas são eles que ajudam um negócio a entrar no mercado, se desenvolver e se manter nele. Afinal, são os talentos que fabricam os produtos, que os vendem, operam máquinas e contabilizam receitas e despesas.

Diante desses fatos, a gestão de pessoas necessita encontrar as boas práticas para abranger todos em direção a um objetivo maior. Consequentemente, precisa manter a motivação para ofertar oportunidades em direção a um trabalho de excelência.

Isso é tão elementar que está relacionado à saúde do negócio, pois não adianta ter uma equipe de alta performance se ela não está alinhada ao que a empresa deseja. Dessa forma, a transportadora tem que buscar o engajamento e o senso de propósito, atrair os funcionários e retê-los, motivar a participação, monitorar os talentos após os treinamentos, incentivar as boas práticas, inovar com políticas favoráveis e aumentar a produtividade de todos.

Realize a análise de resultados

Quando se quer analisar os resultados, é necessário levantar os dados e extrair os números. Com isso, você conhecerá se houve o cumprimento de metas e se o atendimento ao cliente foi satisfatório. São informações que ajudarão a examinar diversos fatores para mensurar o que deve ser modificado, extinto e implementado.

Sendo assim, a sua transportadora poderá reduzir custos e eliminar gargalos que travam a continuidade do trabalho, aumentando a produtividade, já que os dados demonstram como anda a rotina e o envolvimento dos colaboradores.

Nessa situação, compartilhe as informações com todos e faça comparativos, evidenciando o que não foi evitado em tempo hábil e que precisará de medidas urgentes por parte dos gestores.

Por fim, entenda que o processo de gestão de pessoas deve ser feito com a aplicação da tecnologia, de modo a apresentar as análises de resultados em prol do desenvolvimento do seu negócio.

Conheça os diferenciais do Quinto Eixo, um software que auxilia na gestão da transportadora com serviços voltados para a emissão de documentos fiscais, controle das operações do caixa, financeiro, transporte fracionado, coleta, entrega e gestão de pneus e frota. Confira!

Posts relacionados

Deixe um comentário