Como a geolocalização ajuda na gestão de transporte mais eficiente

6 minutos para ler

O monitoramento de frotas e cargas já não é novidade para quem atua no setor logístico, contudo, sempre há espaço para aprimoramento de tecnologias e processos de trabalho. A adoção de um sistema de geolocalização é a resposta para as empresas que buscam agregar ferramentas mais modernas para garantir a segurança da operação de transportes.

Se você ainda não ouviu falar dessa tecnologia, não se preocupe. Afinal, esse é um desenvolvimento recente que está modificando a gestão de transportadoras e o atendimento aos clientes. Por isso, nós preparamos este conteúdo para apresentar como a geolocalização tem potencial para melhorar os seus resultados. Confira!

Geolocalização: o que é e como funciona?

Vamos pensar em um contexto mais pessoal para compreender como esse tipo de ferramenta já faz parte de nossas vidas. Diversos aplicativos já fazem uso dessa tecnologia para integrar a experiência de seus usuários.

Você tem o hábito de consultar a rota mais ágil até o seu destino antes de sair de casa? Ou, ainda, prefere utilizar os serviços de aplicativo de viagem como meio de transporte? Quando você utiliza estes recursos, a geolocalização está em ação para:

  • registrar a rota percorrida;
  • estimar o tempo de viagem;
  • sugerir trajetos mais rápidos e econômicos;
  • acompanhar a localização do usuário por meio do GPS.

No âmbito logístico, as tecnologias de rastreamento encontram ampla adesão devido a sua capacidade de controlar, com precisão, a localização de frotas e produtos. Além disso, o fator custo-benefício tornou esse tipo de recursos mais acessível para pequenas e médias empresas, e até mesmo, para o uso doméstico.

Quais são as vantagens de implementar essa tecnologia?

O sucesso da operação logística depende da capacidade de operadores e motoristas de garantir a entrega dos pedidos dentro do prazo com qualidade e de acordo com as especificações do cliente.

Neste contexto, o fator tempo é um dos principais motivadores do uso de sistemas de monitoramento, pois fornecem informações estratégicas sobre todas as etapas do transporte. Esse é um elemento que favorece não só a gestão, mas o relacionamento com clientes e parceiros.

Por esse motivo, é importante acompanhar como essa evolução pode ser utilizada no seu negócio. Confira alguns processos que podem ser otimizados de forma significativa.

Gera indicadores estratégicos

Uma nova tecnologia está desempenhando as suas funções apenas parcialmente se não oferece funções que permitam a elaboração de indicadores de desempenho. A equipe precisa ter acesso a recursos que permitem o acompanhamento do processo e a identificação de gargalos.

Com base nos relatórios gerados, o gestor tem condições de tomar decisões sobre a estratégia do negócio. Além disso, essa análise ajuda a identificar oportunidades de melhoria e desenvolver iniciativas para a otimização da operação.

Minimiza a ocorrência de erros e falhas

O monitoramento das entregas está em atuação desde a coleta da carga até a sua entrega no destinatário. Isso quer dizer que esse recurso amplia a visibilidade e o controle sobre todas as etapas do processo de distribuição.

Isso permite a ação rápida da equipe logística em caso de imprevistos como:

  • excesso de tráfego;
  • desvios da rota;
  • defeitos no veículo;
  • acidentes de trânsito;
  • extravio da carga.

Todos esses cenários podem comprometer o andamento das entregas e requerem soluções imediatas para evitar maiores problemas. O suporte da geolocalização atua para disponibilizar informações sobre os incidentes e estabelecer comunicação com as áreas envolvidas.

Possibilita o rastreamento da frota

Proteger os veículos e a carga é essencial para as empresas de transporte, contudo esse é um desafio que deve ser enfrentado diariamente nas estradas brasileiras. Os elevados índices de criminalidade apurados em rodovias geram um prejuízo imenso para todos os setores da economia.

Para combater esse cenário preocupante, as empresas têm buscado meios para manter um controle rígido sobre a frota. Para isso, são instalados aparelhos de GPS que fornecem dados atualizados sobre a sua localização.

Esse investimento é essencial como prevenção de roubos e, também, como medida corretiva que presta assistência na recuperação do veículo em eventuais casos em que há a ação de criminosos.

Coleta informações sobre a viagem

Integração é palavra-chave que descreve esse tipo de programa. Isso quer dizer que além da localização em tempo real, o sistema é parametrizado para coletar informações importantes como a velocidade mantida, o período da jornada de trabalho do motorista e a rota estabelecida.

Esse registro também pode ser usado na gestão de frotas, pois controla a quantia de combustível consumido bem como a distância percorrida em cada viagem. Com essas informações em mãos é possível calcular os custos operacionais e programar a manutenção do veículo.

Disponibiliza informações para os clientes

Atualmente, os clientes esperam contar com mecanismos para acompanhar a localização de suas entregas. Essa expectativa está presente no varejo, no comércio eletrônico, na indústria e, mais recentemente, no delivery de refeições.

Por esse motivo, a geolocalização é ferramenta ideal para fornecer esse tipo de dado nas mais diversas esferas. No ambiente empresarial, por exemplo, há a necessidade de acompanhar a entrega para organizar o recebimento da carga, disponibilizar espaço no depósito e processar os documentos fiscais em tempo hábil.

Além disso, o processo se torna cada vez mais confiável, o que, por sua vez, fortalece o relacionamento com clientes e melhora a imagem da empresa perante o mercado.

Quais consequências de não adotar geolocalização na transportadora?

Esse é o resultado de uma transformação digital que buscar incentivar o crescimento do setor logístico e, como consequência, tornar os serviços cada vez mais qualificados e eficientes.

Em um setor amplamente competitivo, há sempre a preocupação de que a concorrência esteja um passo a frente dos seus esforços. Por isso, há a necessidade de manter a sua operação informatizada.

Esse fator tem relação direta com o aumento da produtividade do setor operacional, do ganho de escala e, como consequência melhora a rentabilidade no negócio. Portanto, considere esse diferencial no momento de implementar programas de rastreamento e monitoramento.

Com o desenvolvimento de sistemas de geolocalização a sua empresa tem a oportunidade de aprimorar o relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros em um patamar completamente inovador.

Agora que você conhece mais sobre essa novidade, que tal informar mais pessoas com este post? Basta compartilhar esse conteúdo nas redes sociais para que possamos atingir mais leitores como você!

Posts relacionados

Deixe um comentário